Escher, de 24 de novembro a 27 de maio

Sem Título

Entre 24 de novembro de 2017 e 27 de maio de 2018 o Museu de Arte Popular acolhe a primeira grande exposição dedicada a M. C. Escher realizada em Portugal.

Reunindo 200 obras deste artista gráfico de renome mundial, a exposição oferece igualmente ao público a possibilidade de enriquecer sensorialmente o seu contacto direto com a obra de Escher através de um grande conjunto de equipamentos didáticos, experiências científicas e muitas outras surpresas.

Organizada pela Arthemisia, e com curadoria de Mark Valdhuisen, Diretor-Geral da M. C. Escher Company, e Federico Giudiceandrea, especialista na obra de Escher, a exposição dá conhecer os vários períodos que caracterizam a produção do artista, marcada por verdadeiras obras-primas como “Mão com esfera reflexiva”, “Relatividade” (ou Casa das Escalas) e “Belvedere”.

A apresentação da exposição no Museu de Arte Popular resulta de colaboração estabelecida com a Arthemisia, empresa que desenvolve a sua atividade de organização e apresentação de exposições de arte a nível internacional.

No âmbito da exposição, a Arthemisia assegura igualmente a realização de um variado conjunto de atividades especialmente concebidas para adultos e os diversos públicos infantis e juvenis, designadamente visitas guiadas e laboratórios.

Para informações sobre horários de visita, bilheteira e reservas de grupos e escolas consulte o sítio http://www.escherlisboa.com/ .

Maurits Cornelis Escher, um dos artistas do século XX de maior renome a nível mundial, produziu ao longo da sua vida (1898-1972) uma vasta obra gráfica, constituída por mais de  448 litografias e xilogravuras, 2000 desenhos e esboços, ilustrações para livros, desenhos para tapeçarias, murais, selos postais e ilustrações para livros. Particularmente famoso pelos seus paradoxos gráficos, ou “construções impossíveis”, Escher nasceu em Leeuwarden, Holanda, tendo frequentado a Faculdade de Arquitetura e Artes Decorativas de Haarlem.

Para informações sobre a vida e obra de M. C. Escher consulte o sítio da Fundação de M.C. Escher: http://www.mcescher.com/ .

 

Anúncios

MAP – intervenções de beneficiação e preparação para nova exposição temporária

MAP

Entre 2 de outubro e 22 de novembro encontram-se encerrados os espaços expositivos do Museu de Arte Popular, tendo em vista a realização de intervenções de manutenção das coberturas e beneficiação do edifício, assim como de preparação de nova exposição temporária. Neste período permanecerão abertos ao público a Loja/Livraria assim como a Sala Polivalente do Museu, com apresentação sobre a história do Museu.

Jornadas Europeias do Património 2017. Fotografias

Apresentação das Jornadas Europeias do Património 2017 e Lançamento do Ano Europeu do Património Cultural 2018

No dia 21 de setembro às 15h00, no Museu de Arte Popular, em Lisboa, terá lugar a apresentação do programa nacional das Jornadas Europeias do Património 2017 em Portugal, coordenadas pela DGPC, em simultâneo com o lançamento do Ano Europeu do Património Cultural 2018, pelo Ministro da Cultura, Luís Filipe Castro Mendes, pelo Coordenador Nacional do Ano Europeu do Património Cultural, Dr. Guilherme d’Oliveira Martins, e pela Diretora-Geral do Património Cultural, Paula Araújo da Silva.

dd58e2fb96a320fef2dea250d5fe1eed

Sob o tema comum “Património e Natureza”, adoptado este ano por um grande número de países membros do Conselho da Europa, as JEPs 2017, que se realizam a 22, 23 e 24 de setembro, contam com a expressiva participação de 830 entidades organizadoras, públicas e privadas, que proporcionarão à população a possibilidade de participarem em cerca de 1.500 atividades, na sua grande maioria com entrada gratuita, em 160 concelhos. O programa nacional de actividades pode ser consultado em: http://w3.patrimoniocultural.pt/jep2017/public/

Com o lançamento da realização do Ano Europeu do Património Cultural 2018, em Portugal, pretende-se lançar um primeiro repto a todas as entidades, públicas e privadas, organizações não-governamentais, e à sociedade civil em geral, para fazerem de 2018 um ano especialmente focado nos desafios, riscos e oportunidades que o património cultural, no seu sentido mais vasto, hoje apresenta, num contexto global de mudanças, através da preparação e organização de eventos alinhados com os objetivos do Ano Europeu.

Às 15h30 realiza-se a mesa redonda “Património e Natureza”, e às 18h15 a entrega de prémios da EFIM (Experiência Fotográfica Internacional de Monumentos, Conselho da Europa), dirigido a jovens, que em Portugal se realiza já há diversos anos através do Passatempo Fotográfico “Num instante…o Património”, em parceria com entidades privadas.

Mesa redonda Património e Natureza – 21 setembro 15h30 – Museu de Arte Popular, Lisboa

Sem Título

Jornadas Europeias do Património | Programação

 

Programa JEP 2017 – Museu Nacional de Etnologia (PDF)
Programa JEP 2017 – Museu de Arte Popular (PDF)

Programação para o Dia Internacional dos Museus e Noite Europeia dos Museus no MNE e no MAP!

Consulte a programação do MNE, aqui.

Consulte a programação do MAP, aqui.